5 de fev de 2015

Importâncias

Performances, firulas, peripécias, estripulias...
Não se preocupe com nada disso!
É tudo bobagem que o mundo tenta impor como padrão a quem não sabe o que quer, ou não sabe ser.
Não sinta vergonha de não ser da sua natureza "não ser natural", inventar um personagem...
Sabendo que esses comportamentos podem ser apenas enfeites, frutos da interpretação, não me impressionam mais que o visual.
Vale mais o coração, a emoção.
Deixa isso lá pra frente, depois da magia do descobrimento, pra quando tudo for confirmação, e aí, mais um momento de diversão.
Pra tudo tem o seu tempo, e comigo não é diferente.
O que me importa de verdade, é muito mais que isso...
O meu prazer maior é enxergar em toda você a alegria de estar junto de mim e se dividir comigo.
Você, do seu jeitinho, é o que mais gosto, o que mais pode me satisfazer os sentidos todos.
Tudo o que dizem ser importante por aí, pra mim é apenas o resto do resto.

Um comentário:

  1. que bom ler você tão apaixonado! Ou, pelo menos, escrevendo de paixão. Parece que os textos ganham uma luz diferente. Ahh, será que um dia me curo do romantismo crônico?
    Beijos rimados pra você :*

    ResponderExcluir