11 de ago de 2014

Sedução Noturna


Sou fascinado pela noite...
Em muitas vezes ainda me pego olhando pro céu, observando os pontos brilhantes, tentando encontrar diferenciada intensidade entre um e outro astro. A lua, mesmo silenciosa, me é uma sedutora sereia, espelhando a luz do sol.
Se tem uma coisa que jamais deixarei de fazer é olhar a noite. É um mistério. Não sei explicar bem, mas a noite me traz uma espécie de nostalgia, uma saudade que chega a me cansar o peito. Mas é uma sensação boa, apesar de não parecer.
Quantas vezes me levanto no meio da madrugada para varrer a noite e suas jóias preciosas...
Perco muito tempo nessa admiração. Na verdade nem considero perda de tempo. Aliás, quase ninguém mais lembra de vasculhar a noite a olho nu. Parece que perdeu o valor como tantas outras coisas que estão ali o tempo todo, de fácil acesso, ao alcance de algum sentido.
Pra mim não... Pra mim, a noite é um amor platônico, inconquistável, mas inexplicavelmente prazeroso de sentir.
...

E o curioso é você pensar que o brilho que nos chega de uma estrela partiu dela há muito tempo atrás... E o brilho que se fez hoje, dependendo da distância, sequer o veremos algum dia...

Estrelas que já podem ter sido extintas há tempos incontáveis se mostram brilhantes para nós somente hoje... Vemos o passado através do espaço-tempo.

2 comentários:

  1. A noite é realmente uma coisa linda. Divina. Amo estrelas, mas a Lua me fascina. Sempre me pergunto se quem olha o céu vê a mesma Lua que eu vejo. Já escrevi sobre isso até, mas são luas passadas rsrs mas sei lá, sempre foi minha curiosidade. Será que se você, agora, olhar pro céu, verá a mesma Lua que eu vejo?
    Beijos rimados pra você :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente, Vivian...rs
      Em tempo, vou dar uma fuxicada no seu canto à procura da sua lua...
      Beijo grande e obrigado mais uma vez pela visita.

      Excluir