9 de ago de 2014

A quem merece, O RECONHECIMENTO!


Uma salva de palmas gigantesca -amparada por uma queima de fogos copacabanística- a quem sabe (e consegue) se fazer entender (sinceramente) por suas próprias palavras, sem os subterfúgios das meias-palavras, das indiretas-diretas, das mímicas, das adivinhações, de terceiros, e até mesmo do silêncio!
Parabéns por ser uma figura cada vez mais positivamente distinta diante da mesmice!

Nenhum comentário:

Postar um comentário