13 de abr de 2011

Essa dor vai passar?

Triste daquele que precisou perder quem o amava para despertar pra vida...
E quando se perde vários que o amavam? Por cada um, deverá pagar o preço devido.
E quando, nas tentativas do despertar, ainda se vê em muitos momentos vacilantes, sobre o merecimento de recomeçar?
Por mais que digam que não é possível viver para sempre acorrentado ao remorso, que fazer quando enfim é percebido o quão complicador foi-se na vida de cada um que cruzou seu caminho?
'O remorso é a voz da consciência ouvida tardiamente'...

Todas as noites eu volto àqueles passos e meio que me forço a viver acorrentado nessa lembrança, como se fosse um meio de me punir, de tentar pagar de forma desesperadora, a dívida que assumi inconsequentemente. É nessa consciência pontiaguda que me martirizo nas horas vagas... É quando bato no peito a me condenar: 'Culpado! Culpado!'
Recomeçar é um direito, mas não sei... ficaria parecendo sempre que estou passando batido pelo que devo, e acaba que por isso emperro novamente.
Não quero mais derrubar ninguém.
Decidi que não cairei mais...
Até porquê ainda não me sinto totalmente reerguido. Do jeito que foi, levará tempo. Isso se eu conseguir completar o movimento ainda nessa vida...
Por fim, não gostaria que aqueles aos quais me fiz de trauma, me vissem sorrir... mesmo que fosse um sorriso para disfarçar a dor mais íntima e verdadeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário