2 de nov de 2009

Juiz Implacável

Se você feriu o coração de alguém... se foi destruidor, vil e cruel. Se a dor do coração te inibe cada sorriso imerecido, a cada boa semente que recebe sem esforço. Se a lembrança do olhar desesperado de sua vítima ainda lhe cerca. Se esse mesmo olhar lacrimoso lhe persegue no imaginário do conhecimento -apesar da distância do invisível. Se amanhece o dia e o sol seca seus olhos chorosos e na noite, a lua os banha de novas lágrimas da memória repleta de culpa. Se sabe que não conseguiria aceitar nem mesmo o perdão sincero de quem sofreu suas ações. Se se reconhece diante do espelho como merecedor de punição pelos seus atos. Se é sofrido passar a porta de quem se prejudicou por sua conta. Se tem certeza de que merece julgamento serevo e castigo justo...
Não será necessário qualquer julgamento, condenação ou punição: pois já está tendo pela sua própria consciência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário