26 de abr de 2011

Curiosidades e questionamentos


A Terra rotaciona em torno de seu próprio eixo à 1.669 quilômetros por hora.
À volta do Sol, desliza constantemente à 108 MIL km/h até que complete o circuito em um ano.
Por sua vez, acompanhamos o Sol voando a vertiginosos 225 quilômetros POR SEGUNDO pela galáxia!
Apenas no nosso sistema solar, são 200 mil milhões de astros variados em todos os sentidos.
Dentro da Via Láctea, brilham de 200 à 400 bilhões de estrelas... Muitas, cada qual com seu próprio sistema solar.
Para percorrer toda a dimensão da nossa galáxia seriam necessários mais de 78 mil anos luz.
Todos esses movimentos ininterruptamente à cerca de 14 bilhões de anos.
Nosso sistema possui aproximadamente de quatro a seis bilhões de anos.
O nosso Sol é 332.946 vezes maior que a Terra.
Por sua força magnética, seríamos -todos os planetas do sistema- sugados contra sua massa... Então, que força é essa que nos mantém delicadamente equilibrados e variando nossa trajetória, adequando o clima às estações que temos na Terra e nos demais planetas, cada qual na sua natureza?
Tanto esforço e podemos mesmo só consideramos a vida pelos nossos meios de compreensão?
A Terra é descrita como um pálido ponto azul no universo...
Todos seus movimentos próprios e os demais movimentos alheios são realizados em silêncio sinfônico, sem atrito algum, de forma perfeita, e imensuravelmente inteligente e poderosa.
Enquanto isso, nós -tão pequenos do ponto de vista material- aqui, fazendo tanto barulho e causando tanto atrito uns com os outros por tão pouco... Pra não dizer por nada.

(*Dados muito mal pesquisados... portanto...)
.......

Ouvir Estrelas
"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto...

E conversamos toda noite, enquanto
A Via Láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir o sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora: "Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizes, quando não estão contigo?"

E eu vos direi: "Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas".

(Olavo Bilac)

Nenhum comentário:

Postar um comentário